Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Credi - documentação de empréstimo fácil e rápida para familiares, amigos e negócios

Em todo o mundo, as pessoas emprestam e tomam empréstimos com base em relacionamentos confiáveis e pré-existentes – entre amigos, familiares ou empresas que conhecem. Em muitos casos, esses empréstimos não são devidamente documentados, o que pode causar problemas e desacordos sobre pagamentos, além de prejudicar os relacionamentos. Quando se trata de gerenciar o dinheiro que você empresta a amigos, familiares ou negócios, há algumas coisas importantes a considerar: nós criamos uma lista.

O Credi é a plataforma de gestão de empréstimos nº 1 do mundo para credores privados

A melhor maneira de usar um contrato de empréstimo

Ao pesquisar que tipo de contrato de empréstimo usar, como usá-lo e a quem ele se aplica, existem muitos fatores importantes em jogo. Até os detalhes podem facilitar ou dificultar muito o processo de concessão ou recebimento de um empréstimo. Como especialista em “banco de pais e mães”, também conhecido como empréstimos para amigos e familiares, encontrei algumas coisas que ajudarão as pessoas a descobrir como e o que usar para isso.

Elaborar um contrato de empréstimo

Ao elaborar um contrato de empréstimo, é importante lembrar que este é um contrato juridicamente vinculativo. O contrato deve descrever os termos em que um empréstimo será pago. Você sempre deve redigir um contrato se estiver emprestando dinheiro para (ou pegando emprestado de) amigos, familiares ou uma pequena empresa/startup. Um contrato de empréstimo garante que todas as partes estejam cientes dos termos e condições precisos, reembolsos e atrasos no pagamento.

Por que elaborar um contrato de empréstimo?

Um contrato de empréstimo é uma prova formal de que duas partes têm um plano para emprestar dinheiro e pagá-lo de volta. Isso protege ambas as partes contra possíveis discordâncias, mal-entendidos e ajuda a garantir a segurança do relacionamento. Os contratos de empréstimo fazem isso descrevendo claramente o montante emprestado, os termos do reembolso, a taxa de juros e as provisões para atrasos ou inadimplência.

Preciso mesmo usar um contrato de empréstimo para um empréstimo entre amigos e família?

Acordos orais ocorrem, mas são mais difíceis de gerenciar se você estiver emprestando ou pedindo dinheiro emprestado a um amigo ou membro da família. Para proteger todos os envolvidos, você deve ter um contrato de empréstimo por escrito para qualquer empréstimo entre partes conhecidas.

O que deve ser incluído no contrato de empréstimo?

Um contrato de empréstimo deve sempre incluir as condições de pagamento, informações de contato de todas as partes, um cronograma de pagamento, taxas de juros acordadas, provisões para pagamentos em atraso e uma política de cancelamento. Deve indicar a quantidade de dinheiro emprestada pelo mutuante ao mutuário. O contrato também deve incluir assinaturas manuscritas ou eletrônicas, bem como quais são os planos pretendidos em caso de inadimplência. O contrato de empréstimo deve ser realizado online e com cada pessoa.

Termos de negociação entre partes em um contrato de empréstimo

Especialmente para empréstimos entre amigos e familiares, a negociação é importante para detalhes como a taxa de juros, o valor do empréstimo e o prazo de pagamento, para garantir que o relacionamento não seja comprometido. Os modelos de empréstimo não permitem essa negociação ou rastreamento das negociações, mas o sistema online do Credi permite isso. Você deseja que o contrato contenha a totalidade do que as duas partes concordaram.

Para que os contratos de empréstimo são adequados?

Cabe às partes concordar com o uso do empréstimo. Alguns exemplos de empréstimos feitos por amigos e familiares são para assuntos como a compra de um carro, uma empresa iniciante ou um imóvel.

Em que situações/Quando devo usar um contrato de empréstimo?

Um contrato de empréstimo pode ser especialmente útil ao emprestar ou pegar emprestado de um amigo ou membro da família. Eles podem ajudar a proteger os relacionamentos contra disputas sobre dinheiro, termos ou condições do empréstimo.

Qual é a maneira mais fácil de se criar um contrato de empréstimo?

Existem muitas opções para se redigir um contrato de empréstimo, o primeiro e mais básico é um modelo para download online, no qual você pode preencher os espaços em branco. Ele deve incluir todas as cláusulas necessárias de um contrato de empréstimo. A segunda maneira é contratar um advogado para aconselhá-lo sobre o acordo de empréstimo, no entanto, isso pode ser caro, portanto pode não ser a melhor opção para você. O terceiro é usar um sistema como o Credi, que cumpre o objetivo básico de um modelo de contrato de empréstimo, mas também pode acompanhar as negociações e, se necessário, pode ser usado como documento legal. A desvantagem de um modelo é que as pessoas geralmente imprimem cópias impressas que são conhecidas por desaparecerem, então usar o sistema em nuvem do Credi com assinaturas eletrônicas válidas e com validade legal é uma alternativa fácil. Além disso, para empréstimos abaixo de US$ 2000, você pode evitar qualquer taxa.

Os prós e contras dos modelos de contrato de empréstimo

Os modelos de contrato de empréstimo podem ser úteis como um documento simples para referência. Os contratos básicos de empréstimo podem ser fáceis e simples, como um modelo gratuito baixado que você edita para preencher os espaços em branco, usado para descrever quanto tempo um mutuário tem que pagar em dinheiro e que juros podem ser adicionados ao principal. O contrato também deve especificar termos gerais que definam as obrigações legais de cada parte. Por exemplo: os termos referentes ao cronograma de pagamento, quebra de contrato ou inadimplência, garantia de empréstimo e garantias oferecidas (se houver) devem ser claramente descritos. Alguns dos modelos de contrato de empréstimo mais avançados oferecem isso, no entanto, é improvável que uma versão gratuita simples inclua tanto. Ao usar modelos de empréstimo, outra desvantagem é que o documento deve ser rastreado. Há muitos casos em que esses acordos desaparecem, deixando as pessoas despreparadas para consequências adversas.

Os prós e os contras dos modelos de contrato de empréstimo versus os serviços de um advogado

Usar os serviços de um advogado para elaborar um acordo para empréstimos a amigos e familiares é muito mais responsável e, legalmente, à prova de enganos do que um modelo de empréstimo. Seu advogado passará por todas as cláusulas ausentes e implicações legais de tudo o que estiver envolvido em seu empréstimo específico. No entanto, isso tem uma taxa bastante alta, potencialmente para empréstimos muito pequenos.

Qual é o melhor software ou aplicativo para se documentar empréstimos?

Usar softwares ou aplicativos para documentar empréstimos é outra opção, que combina os benefícios da simplicidade e do baixo custo de um modelo de contrato de empréstimo, com as verificações legais e a confiabilidade da consulta a um advogado. A maioria dos softwares e aplicativos de empréstimos parece ser voltada para empréstimos ponto a ponto de natureza impessoal ou comercial, o que significa que muitas funções e preços são voltados para esse público-alvo. No entanto, o Credi foi criado especificamente para empréstimos entre amigos e familiares e é acessível para pessoas que desejam documentar empréstimos muito pequenos ou muito grandes, além de rastrear pagamentos, automatizar processos de pagamento e negociar termos e condições no site.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O Credi é a plataforma de gestão de empréstimos nº 1 do mundo para credores privados.

  • Formalize seus contratos de empréstimo online
  • A funcionalidade eSignature significa que não é necessária papelada
  • Usado por mais de 5 mil pessoas em todo o mundo.
  • Apenas alguns minutos para configurar.
  • Acompanhe pagamentos online ou por meio do aplicativo de rastreamento móvel Credi
  • Opção para garantir seu empréstimo com ativos do mutuário (registro PPSR, apenas para usuários australianos)